terça-feira, 27 de março de 2012

Contradições bíblicas - Parte V



Os estudiosos calcularam que a Bíblia contém milhares de contradições explícitas ou implícitas. Apresento aqui algumas das contradições que me deixam confuso, as quais nunca pude harmonizar.




Deus deseja o sacrifício de animais?

Sim. [Gn 4:4], [Gn 8:20-21], [Gn 15:9-10], [Ex 20:24], [Ex 29:11-37], [Lv 1:5], [Lv 23:12-18], [Nm 18:17-19], [Dt 12:27]

Não. [Sl 40:6], [Sl 50:13], [Sl 51:16], [Is 1:11], [Is 66:3], [Jr 6:20]




O que aconteceu com Caim?

Foi um fugitivo e errante sobre a terra. [Gn 4:12]

Conheceu a sua mulher, e edificou uma cidade. [Gn 4:17]




Deus aprova a pena de morte?

O assassino não deve ser morto. [Gn 4:15]

O assassino merece ser morto. [Gn 9:6]




Enoque foi a sexta ou sétima geração desde Adão?

Ele foi a sexta geração. [Gn 5:3-18], [I Cr 1:1-2], [Lc 3:37-38]

Ele foi a sétima geração. [Jd 1:14]




Todos devem morrer?

Algumas pessoas nunca morrerão. [Gn 5:24], [Jo 8:51], [Jo 11:26], [Hb 11:5]

Todos morrerão. [Rm 5:12], [Hb 9:27]




Pode alguém ascender aos céus?

Nenhum homem pode. [Jo 3:13]

Alguns ascenderam aos céus. [Gn 5:24], [II Rs 2:11], [Hb 11:5]




Quantos filhos Deus teve?

Deus teve somente um filho. [Jo 3:18], [I Jo 4:9]

Deus teve muitos filhos. [Gn 6:2], [Gn 6:4], [Jó 1:6], [Jó 2:1], [Jó 38:6-7]




Qual é o tempo de vida do homem?

70 anos. [Sl 90:10]

120 anos. [Gn 6:3]




Já houve alguém justo, íntegro e bom (uma pessoa perfeita)?

Não. [I Rs 8:46], [II Cr 6:36], [Sl 14:3], [Sl 53:3], [Pv 20:9], [Ec 7:20], [Is 41:26], [Mc 10:18], [Rm 3:10], [Rm 3:12], [Rm 3:23], [I Jo 1:8], [I Jo 1:10]

Sim. [Gn 6:9], [Gn 7:1], [I Rs 15:14], [II Cr 15:17], [Jó 1:1], [Jó 1:8], [Jó 2:3], [Sl 16:3], [Mt 25:46], [Lc 1:6], [Lc 2:25], [Tg 5:16], [II Pe 2:7-8], [I Jo 3:6], [I Jo 3:9]




Quando Noé entrou na arca?

Sete dias antes da inundação. [Gn 7:7-10]

No mesmo dia em que começou a inundação. [Gn 7:11-13]




Quantos animais de cada espécie Noé levou na arca?

Noé recebe ordens para levar dois de cada animal para a arca. [Gn 6:19-20], [Gn 7:8-9], [Gn 7:15]

Noé recebe ordens para pegar sete animais de cada espécie. [Gn 7:2-3]




Quanto tempo durou a inundação?

Foram 40 dias. [Gn 7:17]

Foram 150 dias. [Gn 7:24], [Gn 8:3]




Deus quer que crianças morram?

Não. Ele não quer que nenhuma morra. [Mt 18:14]

Sim, ele frequentemente mata crianças e instrui outros a fazer o mesmo. [Gn 7:21-22], [Gn 19:24], [Gn 22:2], [Ex 12:30], [Ex 21:15], [Lv 20:9], [Dt 20:16], [Dt 21:18-21], [Js 10:40], [I Sm 15:2-3], [II Sm 12:15-18], [II Rs 2:23-24], [Sl 135:8], [Sl 136:10], [Sl 136:9], [Jr 13:13-14], [Jr 19:9], [Ez 5:10], [Os 9:16], [Os 13:16], [Zc 13:3]


26 comentários:

  1. Quanto tempo durou a inundação?

    Foram 40 dias. [Gn 7:17]

    Foram 150 dias. [Gn 7:24], [Gn 8:3]

    ai, ai , seu ateu retardado... O diluvio, a chuva continua durou 40 dias seguidos, a água após o término da chuva continua durou 150 dias ainda até as águas descerem. A bíblia não se contradis seu loco...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e o que me diz das INÚMERAS OUTRAS CONTRADIÇÕES?

      Excluir
    2. Sobre a idade , se vc ler a biblia antes de falar merda , Antes do diluvio , as pessoas passavam de 500 anos , após o diluvio Deus diz , que as pessoas só chegaram aos 120 anos , e nem vem falar sobe pessoas q tem mais de 120 anos , pq todas foram provadas q era mentira .

      Excluir
    3. seu crente retardado da porra de merda de bosta idiota a biblia esta cheia de contradiçoes sim seu crente de merda

      Excluir
    4. hermodr eu concordo com vc esses crentes retardados da porra de merda de bosta idiotas acreditam cegamente na biblia se ela propria esta cheia de contradiçoes

      Excluir
  2. Dei uma olhada
    Deus quer que crianças morram?

    Não. Ele não quer que nenhuma morra. [Mt 18:14]

    Sim, ele frequentemente mata crianças e instrui outros a fazer o mesmo. [Gn 7:21-22], [Gn 19:24], [Gn 22:2], [Ex 12:30], [Ex 21:15], [Lv 20:9], [Dt 20:16], [Dt 21:18-21], [Js 10:40], [I Sm 15:2-3], [II Sm 12:15-18], [II Rs 2:23-24], [Sl 135:8], [Sl 136:10], [Sl 136:9], [Jr 13:13-14], [Jr 19:9], [Ez 5:10], [Os 9:16], [Os 13:16], [Zc 13:3]

    Nada ver oque você diz! Decidi nem procurar o resto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu crente de bosta idiota da porra acredita cegamente na biblia?he obvio q sim,ha uma contradiçao?he claro q ha,Não. Ele não quer que nenhuma morra.Sim, ele frequentemente mata crianças e instrui outros a fazer o mesmo.

      Excluir
  3. Claro ,so nao ve o que nao quer ver , a biblia e o livro mais manipulado alguma vez escrito pelo homem, assim como o mais lido, sua interpretacao depende do nivel de capacidade de cada individuo,na minha opiniao a Biblia e pura fantasia,mas isso e so o que eu penso...

    ResponderExcluir
  4. Bom eu sou cetico a Biblia, eu acredito mais nos que os antigos dizem (Eram Deuses Austronautas do livro Eric Vonn Danniken).
    Sim não estamos sozinho neste universo, Os religiosos e cientista recusam em dizer a verdade sobre evolição humana.

    Bacney, 02 Maio 2012

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. he isso ai meu brother mano esses crentes retardados da porra de merda de bosta idiotas acreditam cegamente na biblia se ela propria esta cheia de contradiçoes

      Excluir
  5. Esse povo não sabe interpretar a bliblia
    e fica dizendo que é contradição!a biblia tem
    centenas de interpretaçoes diferentes demora meses
    para interpretar um verso,você acha que é igual a sua
    revista playboy que você le uma vez e já entende tudo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu crente retardado idiota da porra como vc ve a biblia esta cheia de contradições e vc ainda acredita cegamente na biblia ve se vc se enxerga nos realmente fomos criados por experiencias geneticas de seres com tecnologia superior a nossa

      Excluir
  6. Não, Deus não deseja o sacrifício de animais. Tudo pertence a Ele. Ele é maior que o Universo (que é apenas uma pequeníssima parte de Si mesmo que Ele transformou em matéria com o propósito de expandir e de incrementar de movimentos e vida, como hoje o percebemos). Deus é espírito puro e não tem fome. Todos aqueles rituais, eram meros dispositivos dados aos hebreus - que não eram diferentes dos povos pagãos, os quais faziam as mesmíssimas coisas: somente compreendiam a religião daquele modo, onde as ofertas de animais e de colheitas eram o ponto alto da adoração - como forma de prender-lhes a atenção, motivá-los à adoração pura, numa encenação didática e bem dosada, evoluindo com o passar do tempo (o mesmo que fazemos hoje, quando vamos provendo material para desenvolver o pensamento das nossas crianças, e vamos incrementando-os a partir dos contos inocentes, tornando-os mais e mais complexos, acompanhando as idades até deixá-los formados em idade adulta). Não fosse assim, e aqueles hebreus antigos debandariam depressa, de volta ao paganismo. Ao atingir o amadurecimento da lição educativa, no limiar dos tempos adultos, vem a lição perfeita de Jesus, como um empurrão decisivo na evolução do pensamento e do sentimento: Deus quer a sinceridade do coração, é só isso. Sangue, carnes e gorduras sobre o altar, não lhe interessam. O que interessa é o amadurecimento do homem.

    ResponderExcluir
  7. Caim, com certeza, foi um errante sobre a Terra. Esta circunstância não o impedia de fazer o que, também com certeza, fez: habitando aqui e ali, sempre errante, ao longo de, talvez, razoáveis 900 anos de idade (como os demais irmãos seus), edificou cidades aos seus filhos. No relato, tomou a sua mulher. O mais provável foi que teve muitas mulheres. Ao apartar-se de jundo dos pais, certamente, grupos de irmãos, irmãs, sobrinhos e sobrinhas o seguiram: dali surgiram casamentos - aliás, até hoje, encontramos casamentos entre parentes próximos - de modo que Caim gerou, com certeza, nações (senão como poderia fundar cidades?) - e, logo, não há contradição nesses versículos alistados pelo autor.
    Sobre Henoc - O autor se confundiu, quando disse "sexto patriarca": algumas versões em Judas 1,14 dizem "oitavo patriarca", mas a Bíblia de Jerusalém traz "o sétimo dos patriarcas". Certamente, há aí um erro de tradução. Nas diversas contagens que fazemos a partir de Adão, Henoc figura na sétima posição. Em GÊNESIS o sentido é descendente: (Adão - Set - Enos - Cainã - Malaleel - Jared - Henoc); Em LUCAS o sentido é ascendente: (Henoc - Jared - Malaleel - Cainã - Enos - Set - Adão).
    Sobre aqueles que nunca morrerão: os versículos alistados em Hebreus e Romanos não impedem o que se anuncia nos outros versículos alistados. Hebreus rvela uma condição clara para os humanos: não há reencarnação, ao falecerem, o que vem em seguida é o Julgamento. Romanos revela a condição natural do homem: herdou o pecado, e, através deste, a morte. Contudo, dentro da condição geral da humanidade, há aqueles que são exceção à regra: como foi o caso de Henoc, Moisés e Elias (que foram arrebatados). Também Jesus referiu ao arrebatamento, quando disse: em subindo ao alto levou consigo cativos (trata-se de um arrebatamento). Ainda, Jesus indicou que no fim dos tempos, também haverá uma arrebatamento. Ademais, em algumas passagens em que Jesus declara que fiéis viverão eternamente, está clara a referência à ressurreição dos mortos, e, a subtração da pessoa à morte eterna.

    ResponderExcluir
  8. (cont...): O versículo de Jo 3,13 não diz expressamente o que alega o autor. Ali, Jesus disse: "ninguém subiu ao céu, a não ser Aquele que desceu do céu..." - aliás, todo o contexto das idéias nesta passagem faz referência às realidades celestiais vividas por Jesus antes de vir à Terra, e, veio à Terra para trazer a instrução vinda do céu. Há ainda, em outros trechos da Bíblia, as expressões "céus" (referindo-se à expansão da atmosfera terrestre, ou, indo mais longe, ao espaço cósmico, o Universo einsteiniano) e, "céus dos céus" (referindo-se, não ao Universo einsteiniano, mas à dimensão celestial maior: a realidade onde se encontram Deus e as coortes celestiais). Nas passagens que mencionam o arrebatamento de Henoc e Elias, tudo o que sabemos é que ascenderam (foram levantados ao alto) aos céus, mas não nos é informado para onde foram levados: será que foram transferidos para algum planeta que já havia alcançado um estágio civilizatório perfeito, ou, os guardou Deus em algum outro local do imenso Universo einsteiniano (um Paraíso... - até que a Terra passe pelo grande Dia do Julgamento e se eleve à condição perfeita, destinada por Deus?) de modo a preservá-los do pecado e da corrupção? Isto não nos é informado, mas, confrontando os versículos com Jo 3,13, ficamos com a convicção que os arrebatados não foram levados até à Coorte Celestial, de onde Jesus veio.

    ResponderExcluir
  9. (cont...): Quantos filhos Deus teve? - Aqui, também, não há nenhuma contradição: não apenas todas as pessoas (carnais e espirituais) são filhos de Deus, mas também todas as formas de vida e toda a matéria, toda a energia são filhos de Deus. O Filho Unigênito de Deus, é Jesus Cristo (o "Logos", a "Sabedoria", o "Verbo de Deus"). Jesus foi o único que não foi "criado por Deus", mas foi "gerado de Deus" - é o Filho, por excelência! Participa da mesma Substância, Mentalidade e Espírito de Deus. A Bíblia relata que Jesus é o executor dos planos de Deus, o VERBO DE DEUS: "todas as obras da criação, as invisíveis e as visíveis, foram criadas por Ele e para Ele (JESUS CRISTO)", sendo este o Plano de Deus. Assim Jesus criou as criaturas angélicas e o mundo invisível, primeiro. Depois criou a matéria, extendeu o Universo e criou todas as formas de vida. Tudo o que existe, existe para Ele (Col 1, 15-20). Assim como o Pai é maior que o Universo, também Jesus é maior que o Universo, pois "...n'Ele habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade." (Col 2,9). Podemos exemplificar, trazendo isso para mais perto do nosso entendimento:
    - Um homem pode adquirir as matérias-primas e produzir os materiais necessários a fim de fabricar robôs capazes de efetuar as mais diversas obras, para auxiliá-lo na construção de imensos complexos funcionais para seu usufruto;
    - O mesmo homem pode adquirir as matérias-primas necessárias para produzir, agora com auxílio dos robôs (que dividiu em líderes ultraperfeitos, técnicos capacitados e operários diversos), todos os equipamentos, mobiliários, estruturas e instalações daquele imenso complexo funcional que deseja para si;
    - todas estas coisas que criou, são suas "criaturas" (pode-se dizer, "seus filhos") mas, nenhuma delas foi gerada de si, nenhuma delas é "seu filho", gerado de si, saído dos seus genes;
    - este mesmo homem vem a gerar um filho saído de si, saído dos seus genes (no caso, um filho único), e diz: "este é meu filho unigênito!" - percebe, agora, a diferença entre "Filho Unigênito de Deus" e "filhos de Deus"?;
    - toda esta comparação fica mais próxima das realidades celestes se, colocarmos o homem do nosso exemplo imaginando, como desígnio seu, vir a gerar um filho, e, pretendendo dar a esse filho unigênito todo um imenso complexo funcional, para usufruto deste, adquirir, após gerar este filho, todas as matérias primas, e, dar a esse filho, como tarefa, a execução de todos aqueles seus desígnios, até estar tudo pronto, e, então, dar-lhe tudo como herança sua.
    - É esta a realidade! Não há a mínima contradição aí, meu irmão!

    ResponderExcluir
  10. (cont...): o tempo de vida do homem. Segundo lemos do propósito de Deus, o homem foi criado para ter vida sem fim. Então, pecou, e Deus - de acordo com Sua advertência anterior - deixou-o ao destino das demais criaturas carnais: morrer. Deus disse: "... no dia em que dela comer (da fruta proibida), nesse dia, indubitavelmente, perecerás". Como sabemos, "um dia" para Deus pode equivaler a mil anos. Assim, Adão e os demais patriarcas até o Dilúvio, não atingiam os mil anos de idade. E, pouco antes do Dilúvio, vieram a haver os Nephilins na Terra - gigantes híbridos, filhos de anjos decaídos com as mulheres belas que escolheram para si. Estes ensinaram os homens a serem maus, e, Deus limitou a vida do homem, então, em 120 anos. Após o Dilúvio, as condições no planeta nunca mais ficaram perfeitas como antes: então, naturalmente, a longevidade dos humanos foi diminuindo. No tempo dos Salmos (mais de 1.000 anos após o Dilúvio) tudo havia se deteriorado mais e, a vida média de um homem, era de 70 anos. Mais recentemente, na Idade Média, as condições tinham se deteriorado tanto, que a vida de um homem era tida como 26 anos: um homem que chegasse aos 40 anos era tido como feliz ancião de longa velhice! Formavam carvanas para ir visitá-lo e aprender da sua "grande sabedoria acumulada"! Hoje, os avanços da ciência conseguiram debelar grande parte dos flagelos que acometiam os humanos e a média de vida voltou a aumentar.
    - Meu filho, não há contradição alguma nisso!

    ResponderExcluir
  11. (cont...): prosseguindo o que disse o colega acima, durante 40 dias Deus fez descer as águas que estavam sobre a expansão, acima, e, também fez brotar as águas das "fontes do abismo". Até o Dilúvio, não havia chovido sobre a terra, mas subia um vapor do solo que irrigava tudo. Isto porque, no início, Deus fizera uma expansão no meio das águas, de modo a aparecer o solo que estava nelas afogado, e, dividiu as águas em duas porções: uma continuava embaixo na Terra e a outra foi sugada para uma alta órbita, formando um dossel que envolvia toda a terra, acima da expansão, criando assim a atmosfera, como efeito desta sucção de parte das águas para cima (compreende-se: nesta formidável sucção, os gases dissolvidos na água desprenderam-se dela e encheram o vazio formado entre as duas porções de água, tornando-se os céus da Terra, a sua atmosfera). Outra coisa a se compreender é que a muitos quilômetros de profundidade estão imensos depósitos de sódio e de cloro em estado pastoso. Estes imensos depósitos criam, nos seus pontos de contato, a transformação de ambas as porções em atrito, as quais se anulam, resolvendo-se em água, oxigênio livre e cloreto de sódio (o sal de cozinha, nosso velho conhecido). Isto, desde a criação do planeta, está em contínua ocorrência até hoje. As águas, o sal e o oxigênio assim produzidos, existem em quantidades assombrosas naquelas profundidades, sendo os oceanos meros "filhinhos" daquelas águas imensas - as "águas de profundeza". No Dilúvio, tanto Deus fez derramar sobre a terra aquele dossel que esteve suspenso em alta órbita, como abriu a terra, fazendo brotar as "fontes do abismo", aquelas "águas de profundeza", que, juntamente com as águas derramadas de cima, indundaram a terra toda. Este processo durou quarenta dias e quarenta noites, após o que, Deus fez parar a chuvarada (acabaram-se as águas de cima), ao mesmo tempo em que fechou a madre dos mares (fechou as fontes de profundeza). Contudo, a terra estava submersa e a inundação demorou 150 dias para retirar-se, deixando a terra seca novamente. Onde está a contradição?

    Noé recebeu ordem de entrar na arca, juntamente com os animais, e, durante 7 dias os animais foram chegando, enviados por Deus. Assim que entrou o último animal, Deus fechou a porta da arca e iniciou-se o Dilúvio. Ou seja: não há contradição nenhuma nisso.

    Deus ordenou que os animais entrassem na arca aos casais: um casal de cada animal impuro, e, sete casais de cada animal puro. Novamente, onde está a contradição?

    ResponderExcluir
  12. (cont...): Se Deus quer ou não quer que as crianças morram?
    PRIMEIRO: o versículo em S. Mateus 18,14 não fala nada da morte comum dos homens neste mundo - fala, isto sim, da salvação das crianças para a Vida Eterna (é a vontade de Deus que não se perca um só dos pequeninos: ou seja, que não se entreguem ao pecado, que não cresçam homens perniciosos, de modo a se tornarem indignos da ressurreição futura e da herança destinada aos salvos). Que vão morrer a morte ordinária de todo homem, não há dúvida. Mas, a esperança da ressurreição para a Vida Eterna é que conta;
    SEGUNDO: pelo menos quase metade dos versículos alistados pelo autor para embasar-se na sua afirmação, não se referem a criancinhas, referem-se a homens adultos, ou a rapazes, que sabiam perfeitamente o mal que estavam cometendo para merecerem a punição;
    TERCEIRO: a respeito dos versículos que realmente se referem a criancinhas sendo mortas, ainda assim não querem dizer que Deus se compraz na morte de criancinhas, indiscriminadamente, como se fora uma contradição com o versículo em S. Mateus, como o autor quer fazer parecer. Antes, formam um tratamento de EXCESSÃO, necessário para a correção de um povo, Deus permitir o massacre geral em guerras (como era comum em qualquer parte do mundo - ou: é comum ainda hoje, em qualquer parte do mundo - veja o caso das duas bombas atômicas lançadas pelos Estados Unidos sobre Hiroshima e Nagasáki), ou, ainda, Deus realizar a destruição de uma cidade, por um cataclismo ou por uma guerra. De tudo isso, devemos nos consolar, pois que se tratava do uso de uma cena didática no teatro do mundo para a evolução do pensamento humano. Naquele tempo, Deus precisou mostrar-se Terrível para ser temido e respeitado por um povo da cabeça dura, que só entendia a linguagem do terror para se submeter. Também não devemos perder de vista que os atores daquelas cenas didáticas dadas ao mundo, nada mais eram do que "partes do mesmo Deus, transformadas em pessoas, que vieram ao mundo especificamente para desempenhar aqueles papéis", tudo isso para compor um cenário educativo capaz de alterar o pensamento bruto dos educandos, tornando-os afáveis aos ensinamentos posteriores, mais brandos.
    E, não era o caso de preservar as crianças de Sodoma e Gomorra, por exemplo, pois que, além de isso não ser forte o bastante para influenciar a obediência dos educandos, também as crianças são uma continuação dos pais: a mesma inclinação má dos pais revela-se nos filhos, e Deus, onisciente, sabia que se deixasse as crianças vivas, estas, ao tornarem-se adultas, incorreriam naturalmente nos mesmos erros que seus pais.
    Já quanto ao outro ato cênico, do pretenso sacrifício de Isaac, nada mais foi do que a confirmação da obediência de Abraão. Isto num cenário mundial onde era comum aos pagãos (povos de onde o próprio Abraão saíra) oferecerem comumente os seus filhos em sacrifício aos ídolos. Mas, Deus deu-nos, a todos, a lição: por fim, ao mandar parar a ação de Abraão, deixou-nos claro que, se para Ele, que é Deus, não se deve fazer tal coisa abominável, que dirá então, para os ídolos que não são deuses, não são nada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc he outro crente que segue cegamente a biblia sera q vc nao se enxerga os mortos que estão enterrados nos cemiterios certamente algum dia quando for inventada algum tipo de tecnologia por nos humanos que possa ressuscitar os mortos ou seja mais ou menos parecida com a que ressuscitou jesus,ou seja,tecnologia extraterrestre, e tambem uma tecnologia que prolongue o nosso relogio biologico,eles certamente voltarao a esse mundo,mas quem foi cremado nao podera voltar mais a este mundo porque o seu "espirito" foi destruido.

      Excluir
  13. o homem dos mistérios20 de março de 2013 18:48

    Em Gn 2-7 e formou o Senhor Deus o homem do pó da terra e o fez alma vivente, neste contexto nem mesmo pó da morte de homem existia, e Deus mesmo assim trouxe a existência o que não existia, e não será diferente para quem foi cremado. Caro anônimo,se vc não crê na biblia, tudo bem, então faça da sua suposta tecnologia extraterrestre o seu deus e seja feliz.

    ResponderExcluir
  14. o homem dos mistérios20 de março de 2013 19:09

    Caro anônimo, se vc crê que existe um espirito nos humanos ja chegamos a um denominador comum; então assim vc crê que existe um mundo espiritual que esta acima da suposta tecnologia extraterrestre, porque espirito é eterno, porque é parte do Deus vivente,então assim oraremos por ti por que a graça do Senhor te alcance a tempo.

    ResponderExcluir
  15. QUE DEUS TENHA PENA DE VCS POBRES ATEUS QUE FICAM XINGANDO OS CRENTES NAO BRINQUE COM OS UNGIDOS DE DEUS POR QUE UM DIA VCS PAGARÃO COM A LINGUA SE NAO ACREDITAM EM DEUS OK , MAS RESPEITE O LADO OS OUTROS QUE ACREDITAM ASSIM COMO RESPEITAMOS OS DOS ATEUS ... CADA UM FAZ A SUA ESCOLHA EU ESCOLHO DEUS E SEI QUADO ELE VOLTAR VCS VAO SER CONDENADOS ETERNAMENTE NA CHAMA DO INFERNO SOFRENDO , AI SIIM VCS PODERAO VER COM O PROPRIO OLHOS O DEUS PODEROSO QUE EXISTE E A CIENCIA NAO SABE DE NADA , DEUS EXISTE SIIM E VCS UM DIA VAO VER E VAO SE ARREPENDER DE SERVIR AO SATANÁS , POR QUE DEUS É PODEROSO E VCS VAO VER O PODER DELE SOBRE A TERRA , PQ ELE JA VOLTOU UMA VEZ E BREVEMENTE VOLTARA DINOVO , PQ TUDO QUE ELE FALA EM MINHA VIDA SE CUMPRE ...... DA VONTADE DE CHORAR DE PENA DE VCS ATEUS QUE SERVE AO DEUS INVISIVEL QUE DEUS LHE ABENÇOE E QUE TENHA MISERICORDIA DE VCS !

    ResponderExcluir
  16. olha so tem uma parte ali que fala que o assassino não deve ser morto em outra parte da bíblia fala que o assassino merece ser morto ora basta ter inteligência ele merece ser morto porem ninguém deve matar ele ue

    ResponderExcluir
  17. deus teve um filho deus teve muitos filhos ora não esqueçamos de jesus unico filho de deus porem somos filhos de deus também tem que ver o que quem quando e pra quem foram escritos os versos a bíblia não se contradiz

    ResponderExcluir
  18. gente precisamos de algumas normas pra intender a palavra tipo quem disse quando disse onde ele estava quando disse pra quem ele disse exemplo a palavra de deus fala que noe era um homem justo mas a bíblia fala que noe se embebedou ora quando deus disse que noe era um homem justo antes do diluvio quando noe se embebedou depois do diluvio noe era justo porem depois ele se embebedou outro exemplo jesus disse que ele não veio revogar a lei mas sim cumprir mas em efésios diz que na sua carne ele desfez as leis veremos então quem disse que não ia revogar a lei JESUS quem disse que jesus desfez a lei PROVAVELMENTE PAULO ao estudarmos isso veremos que jesus disse vim cumprir a lei porem esse cumprir significa já cumpriu e que não precisamos cumprir e o que fala em romanos que o fim da lei e cristo porque ele já cumpriu não e a bíblia que se contradiz e sim nos que entendemos as vezes errado

    ResponderExcluir