sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

O mistério das chamadas fantasmas



O contato com os mortos tem ocorrido ao longo da história humana e assume diferentes formas, tais como sonhos, visões e alucinações auditivas, espontâneas ou induzidas através de estado de transe. Em muitas culturas, os espíritos dos mortos têm sido procurados por sua sabedoria, conselhos e conhecimento do futuro. Os mortos, por sua vez, parecem iniciar uma comunicação com os vivos, utilizando-se dos meios de comunicação que lhe parecem ser mais eficazes.




Com o advento da tecnologia eletromagnética, mensagens misteriosas foram por vezes transmitidas por telégrafo, vitrola e rádio.




Mas, dos tempos pra cá, um fenômeno paranormal, que para alguns seja uma simples lenda urbana, é a comunicação por telefone. Telefonemas dos mortos parecem ser eventos aleatórios que ocorrem e são ocasionalmente inexplicáveis. A grande maioria são conversas entre pessoas que compartilhavam um laço emocional enquanto ambos estavam convivendo, ao exemplo de cônjuges, pais e filhos, irmãos, amigos e de vez em quando, outros parentes.




As chamadas parecem não ter outra finalidade que não entrar em contato com os vivos, muitas delas ocorrem em uma carga emocional em datas como aniversários, Dia das Mães ou pais. Muitas das vezes se limitam em apenas algumas palavras ditas pela pessoa do além.




Pessoas que receberam telefonemas dos supostos parentes mortos, dizem que as vozes são exatamente a mesma de quando o falecido ainda vivia, também se referem aos nomes de pessoas que se dizem falar ao telefone, confirmando assim a identidade de quem está ao telefone desconhecido.




Segundo relatos, o telefone toca normalmente, embora alguns dizem que o toque soa diferente do normal ao qual já estão acostumados. Em muitos casos, a ligação é muito pobre com uma grande quantidade de ruídos de estática, é dificilmente as vozes podem ser ouvidas. Às vezes, a voz desaparece, mas a linha ainda está em aberto, e o destinatário desliga. Às vezes, a chamada é terminada pelo procedente.



Chamadas fantasmas ocorrem em várias partes do mundo, mas poucas são documentadas ou levadas a público pelos seus receptores, devidos ao fato de que as ligações muitas das vezes serem breves e inaudíveis, e também por sua falta de provas, já que muitas não costumam ficar no histórico de chamadas recebidas.


  

Em vários casos estudados pelos pesquisadores, os chamadores falecidos avisam que há pouco tempo para a determinada conversa. A pesquisa determinou que a comunicação desta forma não é tão difícil e que,  aparentemente, é desejável para os mortos.




A pesquisa também analisou as circunstâncias de determinadas chamadas e chegou a conclusão de que a maioria das chamadas ocorrem após 24 horas depois do falecimento, no qual as chamadas mais curtas estão dentro de 7 dias da morte do seu autor. Enquanto isso os mortos com tempo mais longo são responsáveis pelas ligações mais longas, e que algumas vezes, falam em nome de uma terceira pessoa.




O fenômeno assustador, tem ganhado novas pesquisas em sua área, com novos recursos de investigações, a ciência tenta solucionar mais um mistério vindo de meios tecnológicos.    

6 comentários:

  1. Gostei muito deste Post e do seu Blog. Sou como você, em busca pela verdade. Se puder adicionar meu blog. Fiz a pouco tempo.

    ResponderExcluir
  2. Cara aqui é Fernando de Natal me add ae no face(Fernando Ferreira) preciso falar contigo ou se preferir no whatsapp 08496812609

    ResponderExcluir
  3. Gente, parem de enterrar os parentes com telefones celulares. Se for um Iphone, ao invés de colocar no caixão do defunto, venda-o e fature uma grana para cobrir o funeral. Assim os caras param de ligar e encher o saco depois de mortos.

    ResponderExcluir
  4. Como o ser humano é idiota

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho conhecimento de um caso famoso brasileiro. A neta do escritor da Literatura Clássica Brasileira Coelho Neto recebeu diversas vezes ligações de seu avô depois de falecido, esse caso está amplamente documentado na Federação Espírita Brasileira. Eu só nunca me interessei em saber se existe material na Internet a respeito.

    Quem souber mais informações que poste aqui.

    ResponderExcluir
  6. Poderiam fazer uma matéria sobre o fraquinho filme Dylan Dog e as criaturas da noite baseado na hq de terror , Dylan Dog que retorna a ser publicada em 2017 pela Editora Lorentz, e foi vencedora de 2 hq mix de melhor hq de terror. o filme é fraquinho demais mas a hq é ótima.

    ResponderExcluir